quinta-feira, 23 de junho de 2011

Bombeiros do Rio devem ir a Brasília para apressar anistia na Câmara

Com a aprovação do projeto de anistia no senado nesta quarta-feira (22), os bombeiros do Rio de Janeiro planejam ir a Brasília no domingo (26) para apressar o processo na Câmara dos Deputados. De acordo com o cabo Luciano Cunha, um dos 439 oficiais presos na invasão do Quartel Central no início do mês, o ponto de encontro de partida será no aterro do Flamengo.

- O próprio senador Lindbergh Farias ligou para avisar do avanço do projeto [do qual é o autor]. Iremos em dez ônibus para ficar três dias em Brasília. Queremos não só para ver o processo andar na Câmara, mas também para agradecer o apoio.

Para o cabo, quando toda a situação estiver resolvida com a sanção da presidente Dilma Rousseff, o processo administrativo militar também deixará de ser um problema.

- A anistia criminal é maior que o administrativo, com ela não tem porque continuar com o inquérito militar. A princípio, a primeira reunião está marcada para o dia 27.

A coleta de assinaturas pela anistia dos oficiais continuava nesta quarta. Ainda segundo Cunha, cada bombeiro tem conseguido em média 2.000.

A anistia aprovada no senado não inclui os dois policiais militares que também foram presos na mesma manifestação dos bombeiros.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário