terça-feira, 14 de junho de 2011

Gravação mostra comandante da PM intimidando soldados que defendiam bombeiros

Um comandante do Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro intimidou soldados que defendiam os bombeiros rebelados por aumento salarial. No vídeo que a TV Record teve acesso, o militar ordenava que os policiais não saíssem de camisa vermelha para não "macular o nome do batalhão, nem da polícia".

Reivindicações continuam

Nesta terça-feira (14), às 14h, uma reunião entre representantes dos bombeiros e deputados da base governista, está marcada na Assembléia Legislativa. O objetivo do encontro é discutir as duas propostas apresentadas pelo Corpo de Bombeiros, que quer um salário líquido de R$ 2.000 e vale transporte.

Na quarta-feira (15), os bombeiros vão se apresentar à auditoria da Justiça Militar, que aceitou a denúncia do Ministério Público. Os interrogatórios devem começar a partir do mês que vem.

De acordo com os agentes, caso o governo não aceite as reivindicações, os manifestantes voltarão às escadarias da Alerj (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) na quinta-feira (16).



Fonte: r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário