terça-feira, 2 de agosto de 2011

Líder do PSDB diz que Congresso não pode ficar 'refém' da pauta do Executivo


O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), disse nesta segunda-feira que o presidente da Casa, Marco Maia, deverá reunir os líderes esta semana e que o partido apresentará uma pauta com 16 projetos. O PSDB quer finalizar a votação da Emenda 29 que trata de gastos para saúde, o projeto do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Supersimples e a PEC 300 - que prevê a criação de piso salarial nacional para policiais civis, militares e bombeiros militares.
- São projetos que têm o interesse da saciedade, importante para não ficarmos reféns da pauta do Executivo - disse o líder .
Duarte Nogueira afirmou ainda que pretende discutir as reformas política e tributária e que, no caso da tributária, quer debater a desoneração da folha de pagamentos. Indagado se a oposição, por conta dos requerimentos de convocação de ministros como no caso da crise dos Transportes e outros ministérios, iria obstruir as votações, Duarte afirmou que tudo vai depender da disposição do governo em negociar os itens de votação da pauta em plenário:
- Se o governo insistir em votar apenas MPs (medidas provisórias), não incluir outros projetos que pretendemos apresentar, não vamos aceitar. Poderemos obstruir sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário