quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Bombeiros protestam na porta de quartel na Penha

Assembleia nesta quarta-feira luta por reajuste salarial

Um grupo de bombeiros fez um pequeno protesto em frente ao quartel da corporação na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, no fim da manhã desta quarta-feira (18).

O ato foi em solidariedade ao capitão Bandeira, que, segundo o coronel Paul, encontra-se detido no local desde segunda-feira (16) por participar de costantes manifestações da categoria.

De acordo com os integrantes do protesto, o capitão Bandeira será liberado na manhã da próxima quinta-feira (19).

O grupo colocou uma faixa em frente ao quartel e percorreu as ruas do bairro com um carro de som. Eles anunciaram uma assembleia de policiais militares e bombeiros que acontecerá às 19h desta quarta, no Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social, na Lapa, região central. O objetivo é definir os rumos do movimento, cujo objetivo é reajuste salarial.

No ano passado, bombeiros do Rio de Janeiro ficaram em greve por mais de um mês. Na época, eles reclamavam de ter o menor salário do país. Mais de 300 foram presos por invadir o quartel central, no centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário