sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Depois dos PMs, policiais civis do Rio sinalizam greve

O governo do estado terá que fazer malabarismo para contornar os ânimos de policiais civis e militares e evitar uma possível greve de ambos no primeiro semestre. Enquanto a PM dá claros sinais de que vai parar em fevereiro, a insatisfação é grande na Polícia Civil. No dia 17 de janeiro, os civis realizarão uma assembléia geral e tudo aponta para uma greve.

Ensino superior, salário inferior

O sucesso inicial do movimento grevista da PM acabou, indiretamente, alfinetando a Civil. Isso porque o reajusta que os militares receberam, válido apenas para quem for promovido, deixa um soldado com a remuneração média de R$ 2.237. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro, a média da corporação é de R$ 2.200. Para piorar, um dos pré-requisitos para o cargo é o ensino superior completo enquanto os PMs precisam apenas do segundo grau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário