quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

PM do Rio coloca batalhões em prontidão na véspera da greve

A Polícia Militar do Rio de Janeiro anunciou regime de prontidão em seus batalhões dia 9 de fevereiro, na véspera do começo da Operação Verão. A decisão foi repudiada pelos policiais militares, que vêem na atitude uma tentativa de desarticular a greve, programada para começar no dia 10.

Obrigação

De acordo com a lei, nenhum militar do estado pode se recusar a cumprir uma determinação superior e a negativa dos policiais em acatar à mudança pode colocá-los em prisão administrativa.

Já vimos essa história antes quando o então CMT da Pm Coronel Mario Sergio "tocou" prontidão um dia antes da manifestação em Copacabana e voltou atrás,seria a atitude mais sensata dessa vez também,uma vez que da maneira que policiais e Bombeiros estão irá causar uma revolta maior ainda na tropa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário