terça-feira, 13 de março de 2012

Comandante dos Bombeiros diz ter provas que bombeiros incitaram greve

Um dia após a expulsão de 13 bombeiros da corporação, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões, disse nesta terça-feira (13) que a decisão foi tomada com base em documentos, gravações telefônica, vídeos e fotografias que comprovam o intuito do grupo em paralisar o serviço e incitar a greve de forma violenta na semana que antecedeu o Carnaval - o anúncio oficial da paralisação foi feito no dia 9 de fevereiro. Os militares reivindicam melhorias nos vencimentos e nas condições de trabalho. De acordo com o coronel, eles têm cinco dias para recorrer da decisão.

- Se nesse período eles apresentarem algum fato novo, nós reveremos o processo. Eles foram expulsos por incitar a greve de forma violenta. É inadmissível um militar do Rio ir à Bahia negociar com militantes desqualificados. A ação deles foi leviana, inaceitável e fere a honra da corporação. Esse é um momento difícil que não faz parte da história dos bombeiros.

Segundo o comandante, um sargento e dois cabos ainda podem ser expulsos. Oficiais do conselho da corporação estão analisando o processo contra eles. Sobre os vencimentos dos bombeiros, Simões informou que neste ano já foi feita uma antecipação de reajuste de 12%, que estava previsto somente para o final do ano. Para 2013, foi anunciado reajuste de 26% no mês de fevereiro e em 2014 será concedido outro 100% acima do percentual da inflação. Ainda de acordo com ele, desde março do ano passado a categoria já recebeu 100% de reajuste.

- Efetivamente nós podemos vislumbrar, em curto prazo, um salário compatível com as nossas funções. Eu diria que nos próximos 3 ou 4 anos estaremos numa condição muito satisfatória.

Simões informou que, por conta da paralisação das atividades no dia 10 de fevereiro, outros 93 bombeiros foram presos e respondem a processo administrativo. Eles faltaram o serviço e não justificaram. O comandante ainda agradeceu aos 15.987 bombeiros que, independentemente da insatisfação com os vencimentos, não aderiram à greve e honraram seu compromisso com a instituição e com a população.

Um comentário:

nandajudoca disse...

Que engraçado, só praça sendo expulso, né?

Postar um comentário