quinta-feira, 26 de abril de 2012

Metrô começa a treinar policiais militares para bico oficial


A concessionária Metrô Rio está treinando, durante esta semana, um grupo de 100 policiais militares para reforçar a segurança dos passageiros. Eles foram recrutados por meio do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), que permite que PMs façam trabalhos extra nos dias de folga para órgãos conveniados ao estado, numa espécie de bico legalizado pelo estado.Essa turma de policiais deverá começar a trabalhar para o metrô no início do próximo mês, reforçando a segurança nas imediações dos acessos às estações. Uma das etapas do treinamento é a visita às estações, com o objetivo de conhecer as instalações da concessionária.Segundo as regras do Proeis, cada turno adicional de oito horas trabalhadas rende gratificações de R$ 150 para os praças e R$ 175 para os oficiais. Como os PMs podem fazer, no máximo, 12 desses turnos a cada 30 dias, o rendimento mensal dessa atividade é de até R$ 1.800 para os praças e até R$ 2.100 para os oficiais.Após cumprir o trabalho extra, o policial terá que ter um período de descanso de pelo menos oito horas antes de voltar ao serviço no batalhão, exceto em caso de convocação extraordinária. Além do Metrô Rio, a Super Via e a Light fizeram convênios com o estado para contar com o apoio dos PMs nos horários de folga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário